O que considerar antes de produzir cadernos tipo Moleskine - Minerva
Cadernos Moleskine

Personalizar cadernos tipo Moleskine oferece um sem número de possibilidades criativas para a sua empresa. O que planear antes da produção?

 

Quem não adora aqueles cadernos pretos com elástico? Pois é, são um sucesso aparentemente inexplicável, principalmente num mundo cada vez mais digital.

Independentemente dos computadores e programas que prometem agilizar e organizar os nossos apontamentos, os cadernos tipo moleskine continuam e continuarão a fazer parte das nossas vidas.

Porquê?

Dizem uns que é pela qualidade e outros pelas histórias lendárias que os envolvem. Sem dúvida que a qualidade terá o seu peso, mas ficamos certamente mais inebriados pelo facto de grandes artistas, pensadores e filósofos terem usado este tipo de caderno.

Van Gogh, Martisse, Oscar Wilde, Céline, Apollinaire, Hemingway, entre outros, usavam cadernos de bolso com capa de couro.

Isto faz com que este objeto tenha uma magia muito especial: imaginamos que somos melhores escritores por termos um caderno tipo Moleskine, dialogando com poetas do passado; que somos melhores profissionais por nos fazermos acompanhar por um desses cadernos numa reunião de trabalho. Este caderno identifica-nos como alguém criativo, cheio de ideias e de ideais.

É precisamente por este desejo de pertença, por esta entrada automática num mundo distinto, que um simples caderno continua a dominar as nossas vidas. Queremos fazer o mesmo que um escritor um dia fez na trincheira de uma guerra mundial – ver a nossa letra no papel, riscar as palavras, não poder apagar as más ideias.

E, para muitas pessoas, é uma ferramenta de trabalho – assim como o berbequim para o profissional de construção civil, as sapatilhas para o Nelson Évora ou o estetoscópio para o médico de família.

Assim, o que as pessoas gostam de ver não é apenas o que está escrito no caderno, mas o facto de estar inserido nesse caderno.

Das artes ao mundo dos negócios, as pessoas que trabalham com ideias também precisam de as anotar, porque as ideias não têm uma hora marcada e chegam sem aviso.

Não restam dúvidas, portanto, de que ter e oferecer estes cadernos sofisticados é um gesto cada vez mais valorizado pelas empresas.

 

ONDE USAR

1. Ofertas para parceiros

Iniciar, manter e cultivar relações de parceria é um processo empresarial muito importante. Sempre que inicia uma relação de parceria com alguém ou com alguma empresa, ou sempre que essa parceria se renova, envie um caderno tipo Moleskine e um cartão de agradecimento pela confiança e colaboração.

2. Ofertas para clientes

Oferecer um caderno tipo Moleskine é um gesto marcante para presentear novos clientes, ou para assinalar os anos de trabalho que um cliente já tem consigo – vai ficar ainda mais impressionado com o atendimento e atenção que a empresa lhe está a dar. É uma forma simples e económica de fidelizar os seus clientes.

E não se esqueça também do cartão de agradecimento, para tornar esta experiência ainda mais pessoal.

3. Ferramentas de trabalho para os seus colaboradores

Equipe os seus colaboradores com este caderno, principalmente os da área comercial ou outros que tenham frequentemente reuniões externas.

Verá que o caderno vai comunicar antes de a própria pessoa falar – a mensagem que transmite é que a sua empresa é moderna, criativa, profissional e cheia de ideias.

4. Eventos

Sempre que participar ou promover um evento, seja em formação, seminários, congressos ou feiras, prepare um kit de oferta que inclua este caderno.

Sem dúvida que irá distinguir a sua oferta das outras, com a vantagem de, posteriormente, ser um objeto utilizado no dia-a-dia das pessoas, tornando assim a marca quase omnipresente.

 

O QUE CONSIDERAR ANTES DE PERSONALIZAR

Cadernos Moleskine - Personalizar

1. Material

As medidas mais comuns são A6 (10,5 x 14,8 cm) e A5 (14,8 x 21 cm). Aposte em papel de alta qualidade, com gramagem superior ou igual a 100, para resistir a uma utilização diária, e para que, ao escrever, a tinta não passe de um lado da folha para o outro. Além disso, as pessoas normalmente colecionam estes cadernos, pelo que a durabilidade deve ser tida muito em conta.

Aposte nos acabamentos. Material de alta qualidade vai impressionar o seu público.

2. Páginas personalizadas

Pode optar por páginas lisas, pautadas ou quadriculadas. Veja qual o tipo que melhor se enquadra para o seu público-alvo. Também poderá ter estes diferentes tipos de página no mesmo caderno.

Se optar por colocar informação sobre a sua empresa nas páginas do caderno, tente não sobrecarregar muito e prefira uma área pequena e específica (como o cabeçalho ou o rodapé) e em marca d’água.

O ideal é sempre fazer valer a regra “menos é mais”.

3. Capa

Aqui, sim, é o sítio indicado para dar relevo à sua empresa. Se apenas preencher a capa com informações em excesso, corre o risco de transformar um objeto belo e desejado num objeto dispensável.

Seja criativo e acrescente potencial ao caderno. Se precisar de ajuda, poderá sempre contar com profissionais experientes para ter um caderno incrível.

4. Aproveite o bolso no fim do caderno

Se a pessoa já adorou o caderno, imagine quando encontrar, naquele bolsinho que existe no fim do caderno, um cartão com desconto (atenção, também criativo!), uma mensagem inspiradora, ou algo mais que a imaginação sugerir!

 

 

A criatividade é fundamental para a personalização de cadernos. Por isso, conte com a ajuda profissional para a conceção e o design, de forma a que o seu caderno ultrapasse as expectativas e os objetivos!

 

Se gostou deste artigo e quiser receber comodamente e em primeira mão os nossos conteúdos, subscreva a nossa newsletter. A inscrição é gratuita!

AUTHOR: Minerva

Somos mais que uma empresa de artes gráficas. Damos resposta a todas as necessidades de comunicação da sua empresa. E adoramos o nosso trabalho!

Sem comentários

Deixe um comentário ;)

O seu endereço de email não será publicado

Subscribe!