Já tenho uma página de Facebook. Preciso mesmo de um website? - Minerva

Muitas empresas preferem ter uma página de Facebook e não um website, porque o Facebook é gratuito e tem muita atenção dos consumidores. Mas será mesmo assim?

 

Pode pensar que não precisa de um website porque não vai exportar os seus produtos ou serviços. Ou porque não quer vender nada online. Ou porque acha que nada substitui ou iguala o “boca-a-boca”. Ou porque não tem tempo nem dinheiro para algo que acha que não lhe vai trazer retorno.

São muitos os argumentos subjacentes à resistência de muitas empresas em ter o seu próprio website – mais ainda considerando que o Facebook, “onde está toda a gente”, é gratuito.

Por isso, preparámos algumas orientações para o ajudar a chegar a uma decisão.

 

1. Ter uma conta no Facebook é gratuito, mas ter uma boa presença no Facebook não é.

 

boa_presenca_facebook_ou_website

O Facebook tem limitado cada vez mais o impacto de páginas empresariais no público, caso não haja um investimento financeiro.

Isso significa que uma publicação da sua página apenas alcançará entre 4% a 15% dos seus seguidores; dito doutro modo, se a sua página tem 1 000 fãs, a sua publicação só vai atingir cerca de 100 pessoas. Para atingir os seguidores restantes, e mais público ainda, é necessário investir em anúncios patrocinados.

Por outro lado, uma página de Facebook gerida por profissionais também tem um custo. Mas talvez esteja a pensar: não posso ser eu a fazer isso? Sim, pode – mas uma gestão amadora pode arruinar o seu negócio, e uma gestão profissional assegura que publique conteúdos de qualidade que passem a mensagem certa, segmentada de acordo com o seu público, no tom adequado, e com uma imagem profissional e eficaz.

 

2. Dificuldade em encontrar informações

 

Facebook ou website?

Certamente que um dos seus objetivos em ter uma conta no Facebook é possibilitar que os seus clientes encontrem informações sobre a sua empresa na internet.

Mas a verdade é que encontrar informações numa página de Facebook pode ser difícil para alguns clientes, mais ainda se pensarmos que essa informação possa ter sido publicada já num período passado. Os clientes não percorrem a timeline durante muito tempo e, se não encontram o que procuram, vão à concorrência.

Por outro lado, um website permite organizar as informações de forma mais prática, de modo a que qualquer pessoa possa encontrar imediatamente o que precisa. Mais ainda – o conteúdo do site pode estar estruturado de acordo com a tendência visual do consumidor e com o próprio processo de compra.

 

3. Controlo de layout e conteúdo

 

layout_conteudo_facebook_ou_website

A sua página de Facebook estará sempre presa ao mesmo layout, por muito que invista em elementos visuais e interativos.

Além disso, o Facebook não é seu, e o website é – quem garante que as regras do Facebook, como em qualquer serviço prestado por terceiros, não mudem radicalmente? Ninguém lhe pode tirar o seu website; você é o dono e tem a liberdade total de o organizar, produzir e fazer crescer como entender – e assim traduzir plena e livremente a sua identidade, personalidade e valores empresariais.

Por outro lado, o conteúdo que é possível colocar no Facebook é bastante limitado. Por exemplo, se precisar de publicar informação um pouco mais longa, esta passará despercebida no Facebook, porque não vai reter a atenção. Imagine um cliente a percorrer uma timeline e a encontrar uma publicação extensa – certamente que não a vai ler. As publicações, para serem eficazes, devem ser curtas e incisivas.

Ainda, a indexação do conteúdo do Facebook em motores de busca é bastante mais difícil quando comparada com conteúdo em websites.

 

4. Evitar constrangimentos nas interações comerciais.

 

cartao_de_visita_facebook_ou_website

Se não tem um website, o seu cartão de visita não irá conter um e-mail empresarial, mas um e-mail gratuito e comunitário (Hotmail, Gmail, Yahoo).

E imagine entregá-lo aos seus clientes, aos gestores de uma multinacional ou ao dono do café onde almoça todos os dias – vai conseguir ler nas suas expressões faciais: “Como é possível uma empresa que parece tão profissional ainda ter um e-mail destes e não ter um website?” Nem imagina a frequência com isto acontece.

 

5. Facebook e website têm funções diferentes

 

funcoes_diferentes_facebook_ou_website

O Facebook é importante para criar e manter relações com clientes e potenciais clientes. É uma plataforma mais envolvente e direta com as pessoas.

Por outro lado, um website leva o visitante a tomar alguma ação. É (ou deveria ser) mais educativo e informativo – os websites já não são depósitos de publicidade e apelos persecutórios à compra, mas locais onde os clientes se sentem bem, motivados a interagir com o website, e onde podem encontrar informações úteis que lhes resolva os problemas e outros recursos.

Em suma: o Facebook liga a sua empresa às pessoas, e o website traduz essa ligação na possibilidade de negócio. Ambos devem ser bem combinados para obter sucesso digital.

 

O Facebook é, sem dúvida, muito importante e merece um cuidado especial. Contudo, não é mais importante que um website, pelas razões acima descritas. Ambos ocupam funções diferentes e ambos são necessários para que a sua empresa possa ser encontrada, desejada e respeitada.

Assim, tenha um bom website e uma presença inteligente nas redes sociais para atingir a sinergia perfeita no relacionamento e comunicação com os seus clientes e, dessa forma, ter um sucesso duradouro e consistente!

 

 

Se gostou deste artigo e quiser receber comodamente e em primeira mão os nossos conteúdos, subscreva a nossa newsletter. A inscrição é gratuita!

AUTHOR: Minerva

Somos mais que uma empresa de artes gráficas. Damos resposta a todas as necessidades de comunicação da sua empresa. E adoramos o nosso trabalho!

Sem comentários

Deixe um comentário ;)

O seu endereço de email não será publicado

Subscribe!