7 cuidados a ter ao escolher uma gráfica

Certamente já teve dúvidas na hora de escolher uma gráfica. Afinal, a impressão é a etapa final de um projeto que envolve muito tempo e trabalho. Como avaliar?

“A perfeição não é coisa pequena mas está cheia de pequenas coisas.”
– Miguel Ângelo

É muito frequente a preocupação em escolher uma gráfica confiável, mais ainda se pensarmos que só é possível avaliar a qualidade do trabalho impresso depois de o trabalho estar efetivamente impresso; ou seja, depois de a escolha da gráfica e de o pagamento estarem feitos.

Também só é possível avaliar se há atrasos e outros problemas com a gráfica depois de o compromisso profissional de ambas as partes estar já assumido.

Parece então que escolher uma gráfica é um salto no desconhecido. Será assim?

Na verdade, existem alguns aspetos prévios à contratação aos quais deve estar atento – e que o podem nortear nesta decisão!

1. Atendimento.

Nos tempos atuais, ter um serviço ou produto de qualidade já não é o suficiente – um bom atendimento é altamente diferenciador. E se a empresa se preocupa com a qualidade do atendimento, imagine como se preocupará com tudo o resto.

Avalie se o atendimento é feito com um tom cordial e envolvente, se é orientado para a resolução proativa de problemas ou se é orientado para os próprios problemas. A comunicação mostra abertura e disponibilidade, ou mostra pressa e impaciência?

Veja também como lidam com a sua indecisão quanto às escolhas de impressão a tomar, ou mesmo com o desconhecimento que poderá ter sobre questões técnicas – prontamente lhe apresentam as soluções disponíveis e o aconselham no melhor sentido, ou fazem-no sentir que não sabe o que quer?

atendimento como escolher uma gráfica

2. Tecnologia

A tecnologia avançada é importante, porque proporciona produtividade e qualidade.

Pergunte se a empresa trabalha com offset ou apenas com impressão digital. Veja se trabalham com equipamentos de última geração. Isto permite avaliar se a empresa está capacitada para servir as suas necessidades.

Não aceite o “mais ou menos”. Não subestime este aspeto, mesmo que o seu trabalho atual não necessite de uma impressão irrepreensível. O facto de a empresa trabalhar na vanguarda da tecnologia mostra que tem efetivamente um compromisso com a qualidade e a excelência – para além de que, num próximo projeto, poderá necessitar disso.

3. Entrega no dia, hora e local certos

Este aspeto não é negociável. Quando uma gráfica não cumpre um prazo depois de ambas as partes com ele se comprometerem, coloca em risco todo o trabalho e esforço do seu projeto.

Cabem à gráfica competências de organização, disciplina e responsabilidade. Se lhe indicarem um prazo mais alargado que aquele que propôs (antes de fecharem acordo, claro), isso não significa necessariamente que não conseguem fazer o trabalho. Significa que não faz parte da cultura da empresa dizer sim sem olhar a como, para obter a encomenda a todo o custo, mesmo correndo o risco de não honrar o compromisso e depois, na hora H, surgir o problema. Significa que colocam a seriedade à frente do lucro.

prazos como escolher uma gráfica

4. Nível de serviço

Tente perceber, na comunicação digital veiculada pela gráfica, a forma como se posiciona quanto a elementos que até podem parecer detalhes pouco relevantes. Tende a ser perfecionista na integridade das cores e nos acabamentos, ou esses aspetos não são sequer abordados?

Pesquise também testemunhos dos clientes da gráfica. Poderão estar presentes no website da mesma ou na página de Facebook. Os comentários são positivos, ou vê um rol de queixas sem fim? E quando existem queixas, como lida a empresa com elas? Ignora-as, defende-se ou procura a pronta resolução?

Também poderá consultar alguns websites de apoio ao consumidor, como, por exemplo, o Portal da Queixa, a DECO Proteste, entre outros, para verificar se neles constam reclamações ou referências pouco abonatórias à empresa.

nível de serviço como escolher uma gráfica

5. Preço competitivo

Não tenha como critério único de escolha o preço mais barato. Esta é uma das situações onde melhor se aplica a expressão “o barato sai caro”.

Ao invés disso, escolha uma gráfica que pratique os preços mais competitivos aliados à qualidade. De nada lhe serve imprimir um cartão de visita ao preço mais barato que encontrou, se passadas algumas semanas não os puder utilizar por estarem com os cantos gastos e com a tinta a esboroar-se.

Lembre-se que a qualidade dos materiais, o perfecionismo nos acabamentos e o rigor no controlo do processo de impressão têm necessariamente um custo.

preço competitivo como escolher uma gráfica

6. Informações precisas

Verifique se a empresa fornece, de forma clara e precisa, todas as informações de contacto. É importante que a empresa disponibilize no seu website a morada, telefones e e-mails – o que muitas vezes não acontece com algumas gráficas online – para que seja fácil e imediato o contacto sempre que dele necessitar.

Este aspeto pode parecer pouco relevante, mas deve ter a certeza que a empresa existe realmente e está facilmente acessível para o atender – não só no pedido de orçamento, mas também quando precisar de algum esclarecimento ou de resolver algum problema.

contactos como escolher uma gráfica

7. Instalações

Se tiver oportunidade, não deixe de visitar a empresa. Não só o contacto presencial é mais esclarecedor para avaliar os aspetos atrás referidos, como poderá ainda conhecer outras facetas.

A gráfica tem um aspeto limpo, organizado e arrumado? Já diz o ditado: é pela aragem que se vê quem vai na carruagem. A limpeza no local de trabalho revela muito sobre o grau de exigência de qualquer empresário.

Como se apresentam os funcionários? Têm vestuário e postura profissional, ou sente falta de brio, desleixo ou desalinho? Qual é a imagem com que fica quando sai de lá? Fica impressionado ou receoso? Aí tem. Confie na sua intuição.

instalações como escolher uma gráfica

Lembre-se de que não precisa de ter conhecimentos técnicos sobre etapas de impressão, configuração correta de cores ou como finalizar um ficheiro. A gráfica deverá sem demoras garantir que tudo ocorre dentro dos parâmetros corretos.

Convidamo-lo a conhecer a Minerva. Uma das grandes vantagens é que não fazemos apenas impressão. Aqui – num só local – poderá ter acesso a tudo o que precisa para a comunicação visual da sua empresa: fazer o design e imprimir os seus cartões de visita, construir o website da sua empresa, fazer a decoração da sua viatura, o design e impressão do seu catálogo, implementar uma estratégia de marketing digital… e a lista continua.

E não só – se não puder vir ter connosco, nós vamos até si!

Despertamos o seu interesse? Então visite-nos em www.minerva-online.pt, ou nas nossas instalações em Vila do Conde.

Newsletter

SUBSCREVER
Avalie este artigo.
2018-11-21T12:32:46+00:00

Leave A Comment